4 de setembro de 2014

Glossário dos Sapatos

Meninas vi uma foto no instagram e quis me aprofundar e criar um post, vamos conhecer mais sobre nossos sapatos?!


Depois de vocês verem os modelos acima vou falar mais sobre 21 estilos, vejam!

Alpargata: também chamado de espadrille, este sapato é feito de brim (tecido resistente de algodão ou linho) ou de lona. O solado é de borracha ou de corda. Está bombando!

Anabela: considerado um dos saltos mais confortáveis, ele tem a base larga, que começa no calcanhar e vai diminuindo em direção aos dedos. Também pode ser chamado de wedge.

Ankle boot: ankle significa "tornozelo", em inglês. Esta é a altura em que a bota termina.

Bota caubói: tem cano e salto médios - e alguns bordados. Pode refletir o espírito country ou ser usada em looks com pegada hippie-chic.

Bota Ugg: original da Austrália, o modelo de camurça e forro de pelos foi criado nos anos 60. Uma década depois, os surfistas levaram a moda para os Estados Unidos e para a Inglaterra. Ugg é o nome da marca que a lançou.

Cap toe: criado por Coco Chanel, é caracterizado pelo biquinho de outra cor e de outro material.

Chelsea boot: bota baixa, de cano curto e com elástico na lateral.

Clog: sapato com uma espécie de salto ou plataforma de madeira. Lembra os calçados holandeses.

Coturno: ele nasceu como um calçado de uso militar, mas na década de 1970 invadiu o mundo da moda. Nos anos 90, a bota pesada e de cadarço entrou no guarda-roupa grunge e, até hoje, é um acessório bombado.

Creeper: de solado alto e reto, este modelo também foi criado para uso de soldados. Hoje, ganhou versões cheias de detalhes e virou febre. Miley Cyrus ama!

Cut out boot: bota com recortes vazados e fivelas que foi criada pela Balenciaga. Várias marcas lançaram as suas e ela se tornou o hit do inverno 2014 por aqui.

Galocha: bota de borracha que, inicialmente, era usada para se proteger da chuva ou da lama. Ganhou cores e estampas lindas e está com tudo. Oi, festival!

Gladiadora: sandálias cheias de tiras que lembram os calçados romanos. Bombou lá em 2007.

Mary Jane: a tira grossa no peito do pé ou no tornozelo é a marca registrada deste sapato.

Meia-pata: tem uma plataforma na parte da frente - o que permite um salto ainda mais exibido.

Mocassim: de couro ou camurça molinhos, costura à mão e solado flexível. Herdamos o calçado dos índios norte-americanos.

Oxford: o sapato masculino do século XVII ganhou este nome por causa do sucesso entre os estudantes da Universidade de Oxford, na Inglaterra. Caiu no gosto das meninas também, né?

Peep toe: peep quer dizer "espiada". Toe, "dedo". Explicado!

Scarpin: o modelo clássico tem salto e bico finos, mas hoje existem muitas versões!

Slide sandal: espécie de chinelo sem divisória entre os dedos. Pode ter uma ou mais faixas.

Slipper: inspirado nos chinelos de veludo da realeza francesa do século XIV, ele é sem costura e cobre mais da metade do peito do pé.

Então meninas curtiram, agora você é uma expert!! beijos!!


Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...